Arquivo da categoria: Info+

Info+: Câncer de pele

Padrão
Info+: Câncer de pele

Olá, tudo bem???

Hoje venho com mais um post informativo para vocês. A campanha deste mês é o Dezembro Laranja que tem por objetivo a conscientização da prevenção do câncer de pele. Momento muito oportuno pois o Verão está se aproximando, a temperatura já está para lá de alta e as praias já estão lotadas!

Quem leu os posts anteriores referentes ao Outubro Rosa e o Novembro Azul percebeu que em ambos os posts eu dizia que os dois eram o segundo tipo de câncer mais incidente em mulheres e homens, respectivamente. E vocês devem ter se perguntado: Qual seria então o tipo de câncer mais incidente na população? Pois eu vos digo que é o Câncer de pele não melanoma!

O Câncer de pele não melanoma é o tipo mais agressivo pois tem o risco de metástase (atingir outros órgãos) aumentado e a estimativa para este ano de 2014 é de 182 mil novos casos, com 1,5 mil óbitos. Apesar de ser um tipo de alta incidência há baixa letalidade! Esta patologia corresponde a 25% dos casos de câncer.

Existem alguns outros fatores de risco além da prolongada exposição ao sol (das 10:00h e às 16:00h) como a exposição a agentes químicos e radiação ionizante.

As feridas na pele cuja cicatrização demore mais de quatro semanas; variações na cor de sinais pré-existentes e mancham que coçam, ardem, descamam ou sangram devem ser observadas com muita atenção! Pois são sintomas do câncer!

O diagnóstico é feito com base no aspecto clínico da lesão, coloração, forma e juntamente com o resultado da biópsia tanto do tecido da lesão quanto do tecido que fica ao redor dela.

Lembrando que o diagnóstico quanto mais precoce for, melhor o índice de cura e o bom prognóstico para o tratamento!

A retirada do tecido lesionado é a forma inicial do tratamento, mas nos casos mais graves a quimioterapia e a radioterapia podem estar envolvidos.

A prevenção é simples e acredito que a maioria de vocês já conheçam: Uso de chapéu; guarda-sol; óculos escuros; filtro solares (com fator de proteção mínima de 15) e ainda realizando o autoexame da pele.

Realizando o Autoexame da pele: Este é um método simples que visa detectar de forma precoce o câncer.

Procure:

» por manchas que coçam, descamam ou que sangram;

» sinais ou pintas que mudam de tamanho, forma e cor;

»  feridas que não cicatrizam em 4 semanas.

ABCD da transformação de uma pinta:

Assimetria – uma metade diferente da outra

Bordas irregulares – contorno mal definido

Cor variável – várias cores numa mesma lesão

Diâmetro – maior que 6 mm

Quem tiver interesse também pode fazer um teste online para saber o seu grau de risco para o câncer acessando www.sbd.org.br

Não esqueçam de que as pessoas de pele mais branquinha devem tomar cuidados redobrados. Passem essa informação adiante e fiquem espertos quando forem pegar aquela corzinha pra praia 😉

Bibliografia:

Apostila de Oncologia para concurso público

Imagens – Google

Beijos e até breve! 

@VITINEFASHIONVF | Fanpage 

#NOVEMBROAZUL: Câncer de Próstata

Padrão
#NOVEMBROAZUL: Câncer de Próstata

Olá, tudo bom???

Como a maioria de vocês já sabem, este é o mês de conscientização para a prevenção do Câncer de Próstata para os homens. E é claro que eu não poderia deixar de falar um pouco sobre um assunto tão importante quanto esse aqui no blog. Sim, eu apoio os movimentos que visam a conscientização da população e acredito esteja fazendo a minha parte quando abro espaço para este tipo de post aqui. Para quem não sabe, sou fisioterapeuta e nosso principal objetivo nos tratamentos são de prevenir futuras lesões, traumas, agravamento de enfermidades, sendo assim, a melhor forma de prevenção é a orientação/conscientização dos pacientes. E isso vale também para os cânceres. 

Vamos ao que interessa então: 

Este é o segundo tipo de câncer que mais acomete os homens na faixa etária dos 65 anos, sendo conhecido como o câncer da terceira idade

Na maioria das vezes o tumor tem crescimento lento, levando cerca de 15 anos para atingir 1 cm³ e não chega a ameaçar a saúde do homem. Porém, alguns tumores podem crescer de forma rápida e se espalhar para outros órgãos (metástase). Os principais fatores de risco para o desenvolvimento da patologia são a idade – a mortalidade aumenta significativamente após os 50 anos – e história familiar: pai ou irmão diagnosticados com o câncer de próstata antes dos 60 anos de idade.

Na fase inicial, o câncer se desenvolve de forma silenciosa e conforme o tumor cresce, há o surgimentos de mais sintomas, como a dificuldade de urinar e a necessidade de urinar mais vezes durante o dia/noite. Já na fase avançada da doença pode-se ter dor óssea, infecção generalizada ou insuficiência renal. 

Ficou assustado?! Saiba agora algumas forma de prevençãomas isso não quer dizer que você estará imune a doença, apenas será mais uma forma de evitar o surgimento dela -.: Ingestão de frutas, legumes e verduras, grãos e cereais integrais; Prática de exercícios físicos regulares de pelo menos 30 minutos de duração; Manter o peso adequado; Não fumar e Diminuir o consumo de álcool. 

Quando devo procurar o médico? A indicação é que homens a partir dos 40 anos de idade façam o exame anualmente e antes dos 40 quando na família há casos de câncer de próstata para que o homem seja acompanhado e seja feito o rastreio. 

Agora que você já sabe tudo sobre o câncer, está na hora de saber de que forma você pode evitar ter todos esses problemas no futuro, não acha?!

Existem duas formas para fazer a detecção precoce e o diagnóstico

Toque retal: o exame é feito pelo especialista e trata-se de um exame diagnóstico! Vale lembrar que este exame é o único capaz de detectar a presença da patologia. Por isso tamanha importância para que os homens a partir dos 40 anos procurem o urologista. 

PSA: é o exame para dosagem do antígeno prostático específico no sangue. Este é um exame complementar para confirmação do diagnóstico. 

Toque retal. Créditos: portalmtz.com

Também há a ultrassonografia pélvica e a biópsia prostática transretal. 

Ainda hoje há muito preconceito por parte dos homens em fazerem visitas anuais ao urologista e essa é a principal causa de haverem nos dias atuais o alto número de casos novos e o número de mortes por ano.

LEMBRE-SE: O EXAME QUE NÃO DURA MAIS DE 20 SEGUNDOS PODE SALVAR SUA VIDA!!!

Meninas, mulheres, filhas…passem essa informação aos seus pais, maridos, avós.. Vamos conscientizar os homens da importância de ir ao médico. A saúde/vida está acima de qualquer preconceito! 😉

Espero que o post tenha sido esclarecedor. Toda a bibliografia foi retirada do meu material do curso em que estudo para concurso público da matéria de oncologia. 

Beijos e até breve!

#OUTUBROROSA : Câncer de mama

Padrão
#OUTUBROROSA : Câncer de mama

Olá, tudo bom???

Outubro chegou e como muitas já devem saber, este mês é celebrado o movimento popular que é conhecido mundialmente como “Outubro Rosa“. Em comemoração a este mês, resolvi não falar apenas sobre o câncer de mama mas sim de uma outra patologia também que atinge muitas mulheres – mas que vocês só saberão no post do dia 16/10 – a fim de conscientizar e levar mais informações às mulheres. 

Esse movimento teve início nos Estados Unidos na década de 90. No Brasil, o movimento aconteceu pela primeira vez em 2002 na cidade de São Paulo. O movimento tem como objetivo a conscientização das mulheres para o diagnóstico precoce do Câncer de mama. 

Atualmente, este tipo de câncer é o mais comum entre as mulheres e é o segundo tipo mais frequente no mundo. A cada ano, 58 mil mulheres recebem o diagnóstico de câncer de mama e mais de 13 mil morrem por causa da doença. Números bastante relevantes, não é?! 

Esses números são elevados no Brasil por que a maioria dos cânceres recebem o diagnóstico tardio. Quando o diagnóstico é precoce as chances de cura são de 95%. Atinge com maior frequência mulheres acima dos 55 anos. 

Os principais fatores de risco para desenvolvimento da doença são: a mulher nunca ter tido filhos; primeira menstruação antes dos 12 anos de idade e menopausa após os 50 anos; hereditariedade, ter mãe ou irmã diagnosticadas antes dos 50 anos; sobrepeso; sedentarismo e consumo mesmo que moderado de álcool. Porém, a hereditariedade corresponde a aproximadamente 10% dos casos. 

Os principais sinais e sintomas são: endurecimento da mama, erosão da pele, vermelhidão ou ardor; fluido desconhecido, isto é, o único fluido que deve sair da mama é o leite e mesmo assim, apenas no momento correto; nódulo interno; assimetria das mamas, mama com aspecto de “casca de laranja”; afundamento do mamilo e protuberâncias, nódulos palpáveis na axila. Os nódulos na mama podem estar acompanhados ou não de dor. 

Apesar de o Câncer de mama não ser prevenível quando trata-se de aspectos não-modificáveis (como por exemplo, idade e hereditariedade), nos aspectos modificáveis (qualidade de vida, alimentação e atividade física) o risco de desenvolvimento do câncer pode ser reduzido em até 28%. Por isso, é tão importante que a mulher pratique exercícios físicos regularmente, se alimente de forma saudável e se mantenha em seu peso ideal. 

O auto-exame não descobre a doença em seu estágio inicial. Para a mulher conseguir apalpar o “caroço”, ele já deve ter mais de 2 cm, o que significa dizer que o câncer já está em fase mais avançada. Porém, a mulher deve sempre realizar o auto-exame afim de observar alguma irregularidade com a mama. 

O exame clínico das mamas (ECM), a ultra-sonografia e a mamografia são exames capazes de detectar o tumor precocemente. A ultra-sonografia está indicada para mulheres até 40 anos de idade e a mamografia a partir dos 40 anos e deve ser feito anualmente. Já as mulheres com fator de risco para desenvolvimento da doença devem fazer a mamografia a partir dos 35 anos de idade. 

A mulher deve ir ao ginecologista anualmente e o médico deve realizar o exame clínico das mamas. 

Lembrem-se que não devemos nos preocupar com o câncer de mama somente no mês de Outubro, mas sim todos os meses do ano. As idas aos ginecologista devem ser feitos anualmente e o auto-exame nunca deve substituir o ECM nem a ultra-sonografia/mamografia. 

Qualquer dúvida, procure seu médico. 

Não esqueçam de alertarem sua mãe, avó, irmãs, tias e amigas 😉

Disque Saúde da Mulher: 136

” Esses cuidados protegem uma vida muito importante: a sua!”

Bibliografia:

www2.inca.gov.br / www.outubrorosa.org.br / Apostila de estudo – Oncologia / Planfeto

Beijos e até breve!!!